Se você ainda não conhece, o Trello é um um software para gerenciar o seu consultório de psicologia. É simples, tem interface intuitiva e é disponibilizado gratuitamente para dispositivos móveis (android, ios e windows 8), bem como para a maioria dos navegadores web. Recentemente, a ferramenta lançou novos quadros para ajudar profissionais de diversas áreas a organizar suas atividades.

E, neste post, você vai saber exatamente como o Trello pode ajudá-lo em todas as tarefas do seu consultório de Psicologia.

interessante é que esses quadros são completamente personalizáveis: dá para incluir prazos específicos, anotações, anexos, pessoas, etc, deixando-o de acordo com suas necessidades momentâneas. O objetivo desses modelos é facilitar a visualização das etapas que podem ser comuns a projetos similares. Vamos conhecer alguns deles?

Quadros do Trello

Gerenciamento da carreira

Esse quadro é ideal para quem deseja cuidar da própria carreira. Um esquema de ações na telinha e pronto! Você já está, literalmente, diante das ações que precisam ser realizadas para alcançar suas metas profissionais, seja mudar de área, conquistar novos clientes, investir no marketing digital, aprender novas habilidades, etc. O quadro reúne todas as tarefas, com prazos e prioridades, para que você se mantenha focado em uma ação por vez.

Integração novos colaboradores

Imagine só ter um check-list daquilo que sua mente tacitamente está incumbida de fazer no dia a dia? Na chegada de um novo colaborador à equipe, por exemplo, apresentá-lo aos colegas, compartilhar os valores da empresa e direcioná-lo às tarefas são ações que podem ficar comprometidas se estiverem a cargo da sua memória.

Pois neste quadro do Trello é possível encontrar as principais medidas a serem adotadas para a integração de novos colaboradores. Interessante que é possível compartilhar o painel, inclusive, com pessoas que podem realizar etapas diferentes, bem como acompanhar o andamento do processo.

Abertura de um negócio

Todas as etapas, inclusive, aquelas que nem parecem existir (reservar nome no twitter, comprar domínio, entre outras) diante de um quadro único no Trello. Pra te mostrar, na prática, que é possível gerenciar o seu consultório de Psicologia antes mesmo de abri-lo por meio desse aplicativo. Inclusive, já reunimos algumas dicas sobre como montar seu primeiro espaço de atendimento.

Gestão do consultório

Esse quadro é ideal para qualquer tipo de negócio que funcione em um espaço físico. É bacana para compartilhar com a equipe orientações para uso de itens como impressoras, telefone, senhas de acesso, organização de pedidos para a cozinha, entre outros. São tarefas que parecem invisíveis no dia a dia, mas, na verdade, são inevitáveis para bom funcionamento do espaço. Logo, quando expostas e compartilhadas com o grupo ficam mais fáceis de serem executadas, não é mesmo?

Como manter a produtividade?

Agora que você já sabe como usar o Trello para melhor gerenciar seu consultório de Psicologia, é hora de conhecer um método bacana para manter a produtividade em meio a dezenas de tarefas. Chama-se método “GTD”. Mas antes, vale lembrar que ser produtivo significa aproveitar seu tempo com o máximo qualidade e não simplesmente fazer mais, ok?

Dito isso, vamos ao que interessa: o GTD — Getting Things Done ou “A arte de fazer acontecer” — é uma metologia criada pelo norte-americano David Allen que se baseia em cinco passos para um trabalho com a mente plena. São eles:

  1. Capturar: escrever todas as lembranças de coisas que precisam ser feitas da mente;
  2. Esclarecer: olhar para cada tarefa que apareceu, analisando quais precisam de alguma ação;
  3. Organizar: mantenha as listas organizadas e acessíveis para você;
  4. Refletir: revise, atualizando-as com informações importantes e novidades que impactem o projeto;
  5. Engajar: é hora de ir para ação, executando-a com a certeza de que a tarefa é o que de mais importante precisa ser feito naquele momento. Chama-se ação com significado.

Essa metologia ajuda a evitar o estresse mental pela sensação de ter muitos afazeres e, aparentemente, não ter feito nada. Possibilita ainda mais conexão com o presente e, claro, mais engajamento com o processo de execução das ações. Maravilha, não é mesmo?

Bom, a verdade é que existem diversas maneiras práticas de melhor organizarmos nosso tempo e afazeres. Por isso queremos saber de você: como tem gerenciado o seu consultório de Psicologia ou sua carreira? Utiliza alguma dessas ferramentas ou método? Deixe seu comentário logo abaixo, neste post!