Marketing

Descubra por onde começar a sua estratégia de marketing profissional

Em 2020 a demanda por produtos audiovisuais explodiu. Com as pessoas ficando mais em casa e interagindo muito mais pelo meio digital do que pelo meio físico, o volume de informações girando na internet e nas redes sociais aumentou e, de certa forma, a concorrência para ser visto também aumentou.

Com isso, especialistas da área da saúde que usam as redes sociais como um dos canais estratégicos para o marketing tiveram de dar ainda mais atenção ao conteúdo. Com o marketing ainda sendo um tabu para muitos psicólogos, médicos, nutricionistas e cirurgiões-dentistas, por exemplo, muitos especialistas ficaram perdidos neste turbilhão de posts, sem saber como se posicionar ou sem saber qual caminho traçar.

Normal. Afinal, são profissionais que estudaram para tratar a saúde mental, ou cuidar da alimentação saudável, da saúde do ser humano em geral. Não estudaram marketing em suas respectivas faculdades.

Como nosso papel é informar, instigar e educar, especialistas da saúde para uma presença digital cada vez mais qualificada e que promova suas atividades, separamos três dicas para que você transforme o seu marketing profissional em 2021:

1 – se você não tem uma marca, pare tudo

Um especialista em saúde que atende de forma autônoma é, sim, uma marca. Ele ou ela precisam ser vistos como uma marca, como um nome. Tal qual grandes empresas. Você vai precisar se posicionar e isso inclui, necessariamente, ter uma identidade visual. Ou seja, você precisará desenvolver um logotipo. E ele será do jeito que você quer se posicionar. Mais moderno, com ícones e cores alegres? Mais sóbrio com ícones e cores neutras? Mais clássico? A construção da sua identidade visual já comunicará o tipo de especialista e o tipo de atendimento que você pretende posicionar.

2 – você tem rede social e não sabe usar

Um dia você criou um perfil no Instagram e no Facebook mas mal sabe usar. Posta de vez em quando e sempre conteúdos perdidos, que não se comunicam. Um erro clássico de quem não conhece o potencial de uma rede social na divulgação profissional. Pare tudo, vamos rever o seu posicionamento. Você precisará aparecer para uma quantidade maior de pessoas, com qualidade, conhecimento, autoridade. E nada melhor do que uma rede social bem estruturada para que isso aconteça. Invista em perfis que sejam profissionais, sem fotos suas pessoais. Publique com frequência e aposte em conteúdo interativo: crie conexões, faça perguntas, interaja. Faça lives e chame os seus seguidores a participarem. Convide colegas seus de outras áreas ou até mesmo da sua área, mas que complemente o assunto que você pretende abordar. E aposte pesado em vídeos curtos.

3 – tenha o seu site

Por mais que a rede social represente um canal atrativo de comunicação com o grande público, é para o seu site que você concentrará as informações completas sobre o seu trabalho. Um dia ou outro o Instagram pode mudar. O Facebook também. Os canais se transformam e você não tem gestão nenhuma sobre eles. Mas sobre o seu site você tem. É você quem coordena e determina as informações que lá estarão. É por lá que potenciais pacientes ficarão a um clique de agendar uma consulta com você, por exemplo, enviando uma mensagem pro seu Whatsapp. Fácil, ágil e prático para todo mundo.

Você chegou até aqui, leu as dicas e quer um empurrãozinho para começar? Tudo bem! A Pling existe exatamente para descomplicar a vida de especialistas da saúde na internet! A gente cria sua identidade visual, auxilia você a criar ou reformular as suas redes sociais, oferece um repositório amplo de conteúdos referentes à sua área de atuação e reúne uma série de facilidades que darão outra dinâmica ao seu atendimento.

Quer conhecer mais sobre o mundo Pling? Cria teu login e começa a testar tudo agora mesmo!

Seja o primeiro a comentar!